Caminhos de regresso a casa – port

Só depois de todos os símbolos estarem completos e da homepage estar pronta e online, é que os caminhos nos foram mostrados e oferecidos e que eu os percebi.

Anima, símbolos do relembrar

Os símbolos das crianças guiam-nos através do labirinto. Labirinto significa UM caminho, porque um labirinto não tem de ser confuso. Estamos a ser guiados e objectivamente direccionados e cada símbolo é um relembrar.

labyrinth_kompl_gefuellt

Quando a nossa alma está a vir de outra dimensão ou de áreas de ‚fina substância‘ para este mundo, ela ainda se lembra da sua beleza e da sua perfeição.

As crianças pequenas ainda têm esta sabedoria, mas lentamente vai-se perdendo. Quanto mais uma criança se sente em casa neste mundo, encarnando por completo, mais a sua alma se esquece.

No entanto, as novas crianças mantêm a memória da origem das suas almas por muito tempo e têm a capacidade de transportar esse conhecimento e sentimento durante a sua vida adulta.

O labirinto dos símbolos Anima é o caminho do relembrar a alma e vai do símbolo ACEITAR até à última frase do último símbolo MAR DE ESTRELAS, que diz:

A RESPOSTA ESTÁ NA VIDA DO DIA-A-DIA

Marima, símbolos do fazer e agir

Vivemos num mundo de dualidades, de interior e exterior, de luz e escridão, de bom e de mau.

Como tal, estão-nos a ser oferecidos dois caminhos que podemos e devemos percorrer.

Cada símbolo é um apelo para o fazer no dia-a-dia.

buch_marimaspirale_magenta

Um dos caminhos é o da percepção.

Começa no exterior e leva-nos de volta a nós prórios, ao nosso coração.

Este caminho de sabedoria começa com a percepção de que tudo está interligado, que somos todos um. Esta compreensão mental de que qualquer separação é uma ilusão leva-nos à próxima percepção de que tudo o que faço a outrem, faço também a mim próprio. Como nenhum de nós deseja sofrer, começamos aos poucos a ganhar compaixão ao longo do caminho da percepção. Objectivamente falando, voltamos novamente à compaixão das nossas almas. Então começamos a abandonar as más acções em relação a outros, e largamos os pensamentos negativos e intenções erradas. Desta forma libertamo-nos a nós próprios.

Este caminho não é fácil. Limpamos as nossas ‚impurezas‘, largamos velhos padrões até o nosso caminho se tornar gradualmente livre das sombras que encobrem a nossa consciência.

O outro caminho é o do coração afectuoso.

Preocupamo-nos com o outros porque vemos os seus males e isso toca-nos o coração. Sabemos que é nossa obrigação ajudá-los, sem estar à espera de qualquer tipo de recompensa. O caminho do coração afectuoso é uma dádiva porque nos liberta de uma forma natural das nossas formas de pensar egoístas e começamos a descobrir a nossa verdadeira enssência. Esta nossa verdadeira beleza interior vai irradiar de nós e iluminar o mundo.

Este caminho do coração afectuoso é fácil de percorrer porque tudo acontece por amor.

Sentimo-nos responsáveis por toda a gente e toda a vida neste planeta.

Omega, os símbolos do ser

Não existe nenhum atalho para os símbolos Omega!

Primeiro precisamos de relembrar a maravilhosa beleza da nossa alma e então poderemos viver esta sabedoria ao longo de um dos dois caminhos.

Desta forma aproximamo-nos do nosso verdadeiro ser.

ways_sternenmeer

No mar de estrelas da humanidade de Omega podemo-nos afundar, pois aqui os caminhos não são necessários porque já somos tudo isto… É uma imersão, uma experiência, novamente uma detecção, um reconhecimento do que significa, sermos o nosso verdadeiro ser neste mundo.

Aqui unem-se os elementos criança, feminino e masculino, em perfeita harmonia… Aqui vivemos todos os aspectos da vida terrena em completo equilíbrio.

Ao chegar ao Omega, somos amor.

Amo, os 13 selos

siegel_kreis_gesamt

A nossa vida é simples, fácil, menos dolorosa e menos confusa quando os nossos actos, palavras e intenções vêm da nossa verdadeira essência, da COMPAIXÃO e AMOR do nosso coração.

Lembra-te que tudo é vida, não existe matéria morta.
Lembra-te que ninguém entra na tua vida por coincidência.
Lembra-te que estás aqui para ajudar e servir a humanidade e o mundo.

Se perguntares a ti próprio por que razão é que ainda não avançaste muito no teu caminho espiritual, não fizeste nenhum progresso, é porque a tua compaixão não é grande o suficiente. Lembra-te que não há nenhum caminho espiritual superior ao do amor, compaixão, humildade e verdadeira humanidade no que fazemos e somos no dia-a-dia.

A verdade é que cada palavra, cada acção e cada intenção reflectem a tua consciência. Quando confias na tua consciência, o teu verdadeiro ser e todos os teus actos são baseados nela, e aí os milagres acontecem por si só.

Por outras palavras, CONFIA NO TEU CORAÇÃO, ele tem a força e o poder que conhecem o caminho.

Facebook Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>