AMO, DESPERTAR DO CORAÇÃO PARA O AMOR – port

AMO Seal - HEART CONSCIOUSNESS

AMO Seal – HEART CONSCIOUSNESS

Tudo começou com os símbolos das crianças clarividentes ANIMA. Surpreendentemente continuou com os poderosos símbolos de Maria Madalena MARIMA. O círculo ficou então fechado com os OMEGA.

A primeira letra de cada um originou AMO (= EU AMO).

Nada do que se possa encontrar nestas páginas é novo. É sabedoria ancestral que pode ser encontrada nas místicas tradições das religiões do mundo.

Quando removemos os adereços humanos adicionados pelas religiões ? o que resta como essência?

AMOR – DEUS É AMOR – TU ÉS AMOR – EU SOU AMOR

Este conhecimento antigo de como atingir a última consciência, pode ser encontrado de forma essencial reduzida no texto de vários símbolos. Os símbolos e palavras foram-nos enviados (a todos os envolvidos no emergir dos Anima, Marima e Omega) por várias fontes ou ainda melhor ? cada um de nós ganhou acesso a este ancestral armazenamento cósmico de conhecimento.

Os nossos guias foram as crianças clarividentes deste mundo, a Maria Madalena, os ajudantes do universo (?Eu, que estou sempre presente?) e energias de amor desconhecidas. A todos nós foi permitido que participássemos nesta rede de consciência que se estabeleceu em todo o mundo através das crianças clarividentes. Esta rede de consciência permite que os humanos se elevem a uma frequência superior, a frequência da compaixão e do amor. Todos podem participar nesta rede de consciência, as crianças mantêm o contacto connosco adultos e convidam-nos a todos?

Temos todos que agradecer às crianças deste mundo que com os símbolos ANIMA, não só iniciaram a AMO, o despertar do coração para o amor, mas também por nos acompanharem e nos abrirem o caminho para o seu mundo onde

O AMOR É A ÚNICA COISA QUE REALMENTE IMPORTA.

Facebook Like

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>